Quais vacinas são importantes tomar no inverno?

O inverno perdura até o dia 22 de setembro com suas baixas temperaturas e um crescimento nos casos de doenças respiratórias. Alergias, resfriados e gripes preocupam nessa época do ano, incluindo a pneumonia e meningite, que estão entre as doenças que tendem a se propagar com mais facilidade nos dias frios, devido às aglomerações e espaços fechados.

Além das medidas de higiene que devemos adotar pelos órgãos de saúde, é fundamental nos vacinarmos nesse período para nos protegermos de algumas bactérias que podem causar essas enfermidades.

Confira a lista de vacinas.

🔵 Influenza (Gripe)
🔵 Pneumocócica Conjugada 13
🔵 Meningite ACWY e Meningite B

Influenza (Gripe): é uma doença contagiosa, causada por um vírus comum que pode afetar a todos, de qualquer idade, e pode gerar complicações, como a pneumonia.

A Vacinação quadrivalente previne contra quatro tipos de vírus da gripe. Pode ser aplicada em qualquer pessoa a partir dos 6 meses.

A vacinação é um dos melhores meios de prevenção contra a gripe!

Proteja-se todos os anos. O vírus da gripe é mutante e a proteção proporcionada pela vacinação tem duração de um ano, por isso é importante vacinar-se todos os anos.

Pneumocócica Conjugada 13: a vacinação é o melhor meio de prevenir contra a pneumonia.

A vacina pneumocócica conjugada 13-valente (VPC13) previne cerca de 90% das doenças graves (pneumonia, meningite e otite) em crianças, causadas por 13 sorotipos de pneumococos.

Para crianças a partir de 6 anos, adolescentes e adultos com doenças crônicas que justifiquem a vacinação e ainda não vacinados é indicada dose única. Em algumas situações, duas doses com intervalo de dois meses podem ser indicadas. Nesses casos, pode ser necessário complementar a vacinação com a vacina pneumocócica polissacarídica 23-valente (VPP23).

Para os maiores de 60 anos, recomenda-se uma rotina complementar a vacinação com a vacina pneumocócica polissacarídica 23-valente (VPP23).

Meningite ACWY e Meningite B: essas vacinas são importantes para prevenção de doenças nos bebês, e que devem ser aplicadas a partir dos 3 meses de vida.
Aos 3 meses, na rede pública está disponível a vacina Meningocócica C, que contempla contra o tipo C da doença meningocócica.
Na rede privada temos 2 vacinas disponíveis para essa faixa etária:
1) Meningocócica conjugada quadrivalente ACWY, que dá cobertura contra a bactéria meningococo tipo A, C, W e Y (os 4 sorotipos diferentes em 1 aplicação);
2) Meningocócica B, que protege contra a bactéria meningococo tipo B, com uma picada na coxa do bebê.
Esta é uma doença preocupante, que manifesta-se mais frequentemente como meningite ou sepse. Tem caráter rapidamente progressivo e potencial de sequelas e letalidade importantes. Por isso, a recomendação dos pediatras é aplicar as vacinas em crianças com até 5 anos, que são mais vulneráveis, apesar da doença atingir também outras faixas etárias como adolescentes e adultos.
Fique atento aos sintomas da doença:
– Dor de cabeça;
– Pescoço rígido;
– Náusea;
– Febre;
– Alteração do estado mental (convulsão);
– Fotofobia (aumento da sensibilidade à luz).
A vacinação é a melhor forma de prevenção!

Adicione seu comentário

Abrir chat
Precisa de ajuda?
Olá, podemos te ajudar?